O Representante Residente do PNUD em Angola, Edo Stork, participou esta segunda-feira na sessão de abertura do 3.º Curso Avançado em Direitos Humanos, ao lado da Ministra de Estado para Área Social, Dra. Carolina Cerqueira, da Secretária do Presidente da República para os Assuntos Sociais, Dra. Fátima Viegas, da Reitora Interina da Universidade Católica de Angola, Maria Helena Miguel e do Director do Centro de Direitos Humanos e Cidadania (CDHC) da Universidade Católica de Angola, Dr. Wilson Adão. O 3.º Curso Avançado em Direitos Humanos está a ser realizado pelo Centro de Direitos Humanos e Cidadania da Universidade Católica de Angola, com apoio do PNUD.

A formação de duas semanas é online e gratuita e destina-se a docentes, magistrados, funcionários públicos, advogados e membros das organizações da sociedade civil. Nesta 3.ª edição vão participar cerca de 500 pessoas, das mais de 2500 inscritas.

“O PNUD trabalha com muito prazer junto com a Universidade Católica e com o governo para promover os direitos humanos para os cidadãos nas áreas com os maiores desafios, como o acesso à saúde e emprego, o ambiente, os riscos de desastres naturais e, ao mesmo tempo, tratar de integrar a igualdade de género e a inovação em todas as áreas de intervenções”, referiu o representante do PNUD no seu discurso na sessão de abertura.

Na sessão de abertura, além de Edo Stork, discursaram também a Reitora Interina da Universidade Católica de Angola, Maria Helena Miguel e do Director do Centro de Direitos Humanos e Cidadania da Universidade Católica de Angola, Dr. Wilson Adão.

Esta iniciativa surge no âmbito da parceira entre o PNUD e o Centro de Direitos Humanos e Cidadania com o objectivo de prestar assistência técnica, contribuindo para os esforços nacionais, traçados na Estratégia Nacional dos Direitos Humanos, para proteger e promover os direitos humanos de todos os angolanos, expandir o acesso aos serviços de justiça e promover a igualdade de género e o empoderamento da mulher.

No seu discurso, Edo Stork elogiou também a postura adoptada pelo CDHC, de desenvolver a responsabilidade social da Universidade Católica, e referiu o “muito importante papel da academia no desenvolvimento do país, sobretudo dentro do tema dos direitos humanos”.

Este curso é importante “para aprofundar conhecimentos e buscar operacionalizar e utilizar os direitos humanos como veículo para avançar com o desenvolvimento”, continuou o representante.

Tal como nas edições anteriores, o curso terá como professores convidados reputados académicos de grandes universidades dos Estados Unidos da América (Harvard, Oxford), Alemanha, Brasil, Reino Unido (Cambridge), África do Sul e um representante da União Africana e o Presidente da Comissão Africana dos Direitos Humanos e dos Povos.

Após a sessão de abertura, começou logo a primeira aula do curso, dada pelo Prof. Germano Marques da Silva, sob o tema "O Juiz de Garantia e a Protecção dos Direitos Humanos”.

 

Icon of SDG 16

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Angola 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue