O Ministério da Economia e Planeamento e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) em Angola realizaram esta quarta-feira o seminário “Como o Pensamento Sistémico pode Acelerar os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”, no quadro da parceria para a aceleração dos ODS no país. O encontro, que foi apenas o primeiro de uma série de sessões sobre abordagens para sistemas complexos, contou com a presença do Ministro da Economia e Planeamento, Dr. Mário Augusto Caetano João, e especialistas do Millennium Institute, bem como quadros do Governo, parceiros de desenvolvimento, academia e sociedade civil.

"A COVID-19 mostrou que os desafios do desenvolvimento são complexos e interligados, por isso é necessária uma abordagem baseada no pensamento sistémico", disse o Representante Residente do PNUD, Edo Stork, no seminário.

Edo falou ainda sobre o Modelo Integrado dos ODS (Modelo iSDG), que está a ser desenvolvido pelo Governo de Angola, em parceria com a ONU e do Millennium Institute. “É uma ferramenta chave para auxiliar o Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) porque permite simular cenários de políticas sobre os efeitos dos programas sobre as metas dos ODS”, afirmou o Representante Residente do PNUD.

O Ministro da Economia e Planeamento, Dr. Mário Augusto Caetano João referiu que o Modelo iSDG vai "Apoiar o Governo de Angola a alcançar o desenvolvimento sustentável, através da identificação de políticas e programas de intervenções intersectoriais que sejam coerentes, enérgicos e alinhados com a Agenda 2030".

O Ministro reafirmou o “compromisso de continuar a implementar medidas que visem a concretização dos ODS” e agradeceu às Nações Unidas pelo “Apoio que têm prestado ao Governo angolano, para uma boa e eficaz implementação da Agenda 2030”.

Nesta primeira sessão, foi abordada a natureza complexa e interligada dos desafios apresentados pelos ODS no contexto do planeamento nacional, com apresentações da Dra. Carla Susana Assuad, Analista de Pesquisa Sénior e Leader Regional para a América Latinam e do Dr. Fernando Redivo, Analista de Políticas Sénior, ambos do Millennium Institute. Os especialistas expuseram o tema do pensamento sistémico como abordagem essencial para reforçar o planeamento do desenvolvimento nacional e o seu alinhamento com as metas dos ODS.

Icon of SDG 01 Icon of SDG 05 Icon of SDG 08 Icon of SDG 17

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Angola 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue