PNUD Angola

No que toca à protecção do meio ambiente, é essencial levar em consideração os desafios e as soluções para a integração das comunidades que vivem dentro e perto das áreas protegidas.

No domingo, 7 de junho de 2020, Sua Excelência a Ministra da Cultura, Turismo e Meio Ambiente Adjany Costa, membros de seu gabinete, o Diretor do Instituto Nacional da Biodiversidade e Áreas de Conservação (INBAC) Aristofanes Pontes, visitaram o Parque Nacional da Quiçama, guiados pelo Administrador do Parque, Manuel Sebastião Afonço.

Desde 2016, o Parque Nacional da Quiçama é uma das 5 áreas protegidas abrangidas pelo projeto Expansão e Fortalecimento do Sistema das Áreas de Conservação em Angola, financiado pelo Fundo Global pelo Ambiente (GEF) e implementado com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O projeto visa fortalecer a estrutura institucional da rede das áreas protegidas, graças ao aumento dos ecossistemas nacionais sobre proteção, a ferramentas e infraestruturas de gestão fortalecidas e benefícios para as comunidades locais.

Foram igualmente convidados para a visita o Representante Residente a.i. do PNUD em Angola, Henrik Fredborg Larsen, o Especialista de programa Ambiente Goetz Schroth, e a Oficial de biodiversidade, Sophia Mauline.

O MCTA e o PNUD ressaltaram o seu objectivo comum de integrar as comunidades locais nas actividades de gestão das áreas protegidas e de partilha de benefícios, materializado em cada projeto do GEF implementado em conjunto.  Por exemplo, nos Parques Nacionais da Quiçama e Cangandala, estão em a ser realizados estudos para implementar atividades de turismo baseado na natureza que beneficiam as comunidades locais. Estender essa dinâmica para toda a rede é um objetivo para o qual o PNUD e o MCTA estão a trabalhar juntos.

No encontro com representantes da comunidade e membros da aldeia de Gonjilo, incluindo o Soba Luis Kangaza Adão, o Vice Soba José Domingos e o coordenador da aldeia de Lutende Francisco Kavukila, Sua Excelência a Ministra demonstrou a sua vontade de manter sempre as linhas de comunicação abertas entre o Ministério e os representantes locais de todas as áreas protegidas.

https://www.worldenvironmentday.global/pt-br/node/5289

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Angola 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue