Momento alto da Assinatura do Memorando entre o Representante Residente do PNUD, Dr. Edo Stork e a Senhora Ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Dra. Teresa Dias . UNDP Angola

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) assinaram esta terça-feira, dia 6 de Outubro, um Memorando de Entendimento para reforçar a colaboração entre as duas instituições no que toca a emprego e formação técnico-profissional, para promover a recuperação económica no contexto da COVID-19.

O Memorando de Entendimento foi assinado pela Ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Dra. Teresa Dias, e do Representante Residente do PNUD, Dr. Edo Stork, após uma reunião técnica entre as equipas de ambos.

“Com este acto espera-se do PNUD o apoio técnico para a aceleração dos programas que visam atenuar os efeitos da COVID-19, nomeadamente o reforço do Sistema Nacional de Formação Profissional e da promoção da empregabilidade”, disse a Ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Dra. Teresa Dias, na cerimónia de assinatura.  

Momento da Assinatura do memorando entre o Representante Residente do PNUD, Dr. Edo Stork e a Senhora Ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Dra. Teresa Dias . UNDP Angola

O Memorando é parte de um quadro de colaboração estratégica mais ampla entre o Governo de Angola e o PNUD e visa facilitar o apoio técnico ao MAPTSS na aceleração e implementação do Plano de Acção e Promoção da Empregabilidade (PAPE), ao programa do PDN 2018-2022, sobre o reforço do Sistema Nacional de Emprego e Formação Profissional e outras iniciativas chave para a geração de emprego com atenção às mulheres e raparigas.

Um dos pontos altos da cooperação será a atribuição de bolsas de estágio profissional a 100 jovens que terminaram a formação profissional no Instituto Nacional do Emprego e de Formação Profissional (INEFOP). Esta acção conta com o apoio da República da Turquia, no âmbito da parceria entre a Turquia e o PNUD. O reforço das capacidades técnicas e institucionais será outro ponto forte deste acordo, passando pela formação de formadores e pela adequação dos currículos de formação profissional.

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Angola 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue