Representante Residente do PNUD, Henrik Fredborg Larsen, reuniu-se e com a Sua Excelentíssima Ministra de Estado para Área Social, Dra. Carolina Cerqueira.

Em fim da Sua missão que começou em Março de 2016 até finais de Junho de 2020, o Representante Residente do PNUD, Henrik Fredborg Larsen, reuniu-se hoje segunda-feira, dia 29 de Junho de 2020, com o Gabinete do Presidente e com a Sua Excelentíssima Ministra de Estado para Área Social, Dra. Carolina Cerqueira. 

O Representante agradeceu a Ministra de Estado pela positiva e sincera colaboração entre partes e principalmente pela abertura e contribuições da equipa do Órgãos Auxiliares do Presidente da República. Ao fazer isso, ele destacou três pontos principais:

O Representante agradeceu especificamente ao Ministro de Estado pela colaboração com o PNUD na revisão dos 36 programas sociais através dos quais o Governo de Angola investe mais de US$ 4 mil milhões na redução da pobreza.  Ele também reconheceu a forte liderança do Presidente da República e de seu escritório na abordagem da situação para mais de um milhão de pessoas afectadas pelas mudanças climáticas e o impacto do El Niño, e a colaboração com o PNUD no desenvolvimento do Quadro de Resiliência.  Igualmente enfatizou o compromisso do governo de acabar com a pobreza até 2030, observando que é totalmente viável para um país de renda média como Angola, e que o esquema acelerado de protecção social acaba de começar e uma forte agenda de empregos pós-COVID, inclusive para o sector informal, será a chave desse esforço.

O Sr. Larsen também sublinhou sua sincera esperança de que Angola avance conforme planeado com as eleições Autarquicas, vendo a democracia ao  nível subnacional como um factor crítico para o empoderamento de mulheres e homens angolanos, garantindo que todas e todos possam participar da tomada de decisões e beneficiar de serviços locais de qualidade para o desenvolvimento social e económico.

O PNUD ao nível global e incluindo em Angola representa uma das Agências mais activas na provisão de serviços  e projectos ligados as questões climáticas, o Representante, também frisou, a  sua esperança de que Angola ratifique a Convenção do Clima, ou o  chamado Protocolo de Paris, conforme planificado  nas próximas  sessões  de trabalho da Assembleia Nacional, e que Angola estenda sua forte liderança regional e global para ajudar a negociar os acordos que levarão o mundo a um futuro mais inclusivo e  sustentável.

Henrik Larsen observou os avanços do país em energias renováveis e incentivou o uso como base para uma forte estratégia nacional de zero carbono para implementar o acordo de Paris.

A Ministra de Estado e o Representante também discutiram os esforços para abordar o VIH/SIDA, a importância do Provedor de Justiça e o novo acordo do PNUD com o Governo de Angola para o seu Laboratório de Aceleração, para apoiar a o Ministério do Ensino Superior, Ciências e Tecnologia na  criação de um Quadro legal que  facilite  inovações em espaços de Instituições de Ensino Superior.

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Angola 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue