MENSAGEM DO SECRETÁRIO-GERAL SOBRE O DIA DA ÁFRICA

May 25, 2016

25 Maio 2016

O Dia  da Àfrica  2016 está sendo comemorado em prol do tema da União Africana para este ano: "Direitos Humanos com especial incidência sobre os Direitos das Mulheres". Isso demonstra o compromisso dos líderes Africanos em colocar as mulheres - como principais impulsionadoras e facilitadoras - à frente e no centro de todos os esforços para implementar a Agenda de Desenvolvimento Sustentável 2030 e a Agenda 2063 da União Africana.

Ambos os quadros partilham princípios estratégicos semelhantes, com foco em pessoas, prosperidade, sustentabilidade ambiental, justiça, direitos humanos e parcerias mutuamente responsáveis. O alinhamento entre as agendas continentais e o global exige uma abordagem harmonizada no planeamento, implementação e monitoramento.

No âmbito da Agenda 2063, as prioridades da África incluem o investimento em seu povo, com ênfase nas mulheres e jovens; desenvolvimento da produção e agro-processamento; infra-estruturas de transportes, água, saneamento, energia e infra-estrutura de TIC; mobilização de recursos internos e evitar os fluxos financeiros ilícitos; fim do conflito; promoção dos direitos humanos; e expandir a governação democrática. África também tem a oportunidade de prosseguir a industrialização de uma forma ambientalmente mais sustentável, nomeadamente através da agricultura climaticamente inteligente, energias renováveis e controlar o desflorestação. Encorajo os países africanos e os seus parceiros a não poupar esforços para fazer avançar com estas prioridades. A ONU está empenhada em prestar o seu apoio.

As perspectivas económicas de África são boas, apesar do cenário económico global de incertezas. O crescimento deverá aumentar para 4,4 por cento em 2016, contra 3,7 por cento em 2015. Exorto os líderes africanos a usar esses ganhos para abordar as crescentes desigualdades sociais e económicas, e garantir que o Africano não é deixado para trás. Isto é crucial para combater as causas profundas dos conflitos, o terrorismo e o extremismo violento, e promover a paz e a estabilidade. Eu também recomendo iniciativas ousadas da África na Campanha"Silenciando as armas até 2020", que é um dos projectos emblemáticos do Primeiro Plano de Implementação de dez anos da Agenda 2063.

O sucesso da implementação destas novas Agendas exigirá uma parceria renovada da cooperação para o desenvolvimento entre os governos africanos, entidades das Nações Unidas, a Comissão da União Africana, a Agência da NEPAD, as comunidades económicas regionais e os parceiros de desenvolvimento. O sector privado também tem um papel fundamental a desempenhar na criação de postos de trabalho, promovendo a inovação em tecnologias e serviços, e apoiar a transição da infra-estrutura maciça necessária para cumprir os objectivos de desenvolvimento sustentável de África.

No Dia de África, exorto todas as partes interessadas, para apoiarem a visão transformadora estabelecidos nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e na Agenda 2063. O que é bom para a África é bom para o mundo.

Contact information

Click / tap here to add contact info