PNUD e parceiros lançam a 3ª fase do projecto “Promoção do Empoderamento da Mulher Angolana Através das OSC”

Nov 6, 2017

Luanda, 06  de Novembro  de 2017. A Embaixada da Noruega em Luanda, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Embaixada do Reino Unido, em parceria com o Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, lançaram nesta segunda-feira a terceira fase do projecto “Promoção do Empoderamento da Mulher Angolana Através das OSC”, que visa garantir o empoderamento das mulheres e a defesa dos seus direitos.

O evento contou com a presença da Sra. Secretária de Estado para  Família e Promoção da Mulher, Ruth Mixinge, do Encarregado de Negócios da Embaixada da Noruega , Håvard Hoksnes do Embaixador do Reino Unido , John Dennis, do Director do PNUD em Angola, Henrik Fredborg Larsen, da Presidente do Grupo das Mulheres Parlamentares, Luísa Damião, bem como dos representantes das Organizações da Sociedade Civil (OSC).

Durante a sua intervenção, a Secretária de Estado Ruth Mixinge sublinhou a pertinência do projecto na disponibilização de fundos às Organizações da Sociedade Civil para a implementação de microprojectos. “Apelamos positivamente à inclusão e à participação das mulheres na vida pública, ao acesso igual a oportunidades no plano social e no plano económico”.

Por sua vez, o Director Henrik Fredborg Larsen reiteirou a disponibilidade do PNUD  de continuar a beneficiar da parceria com as Embaixadas da Noruega e Britânica e do Governo de Angola na promoção dos direitos da mulher. “ Estamos honrados pela oportunidade de continuar a trabalhar com os nossos parceiros neste importante projecto, e espero que possamos reunir mais actores para uma intervenção futura com ainda mais beneficiários”.

Este projecto teve início em 2011, e pretende contribuir para a consciencialização e capacitação das mulheres no exercício dos seus direitos políticos, sociais e económicos na sociedade, através da atribuição de subvenções à Organizações da Sociedade Civil para a implementação de microprojectos.

Desde então, já foram beneficiadas 22 Organizações da Sociedade Civil (OSC) com fundos deste projecto e outras 5 organizações  irão agora ser beneficiadas na 3ªfase que vai de Novembro de 2017 a Setembro de 2018. Só no 2º Ciclo, que teve início em 2015, foram abrangidas cerca de 30 mil pessoas, na sua maioria mulheres. Entre os vários resultados alcançados, as mulheres obtiveram um maior acesso à informação, a recursos, aos serviços de protecção social, aumentaram a sua autoestima  e  a sua capacidade na participação politica e na liderança, e a capacidade organizativa de grupos e redes de mulheres foi fortalecida.

Palavras de Boas Vindas do Director do PNUD em Angola, Dr. Henrik Fredborg Larsen