DIA INTERNACIONAL DA MULHER RURAL

Oct 15, 2017

A  15 de Outubro celebra-se o Dia da Mulher Rural, instituído pelas Nações Unidas em 1995, com o objectivo de elevar a consciência mundial sobre o papel da mulher. Este ano,  centra-se no seguinte tema: “Desafios e Oportunidades na agricultura resiliente ao clima para a igualdade de género e o empoderamento das mulheres e raparigas rurais”.

A promoção da igualdade de género e o empoderamento de mulheres e raparigas está integrada no quadro dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e incluem uma meta para, até 2030, dobrar a produtividade agrícola e dos rendimentos dos pequenos produtores de alimentos, em particular das mulheres.

A mulher rural exerce um papel muito importante na realidade angolana, assegurando a sustentabilidade das suas famílias e das comunidades onde estão inseridas. No entanto, devido aos papeis socias tradicionalmente assumidos as mulheres têm acesso limitado aos bens produtivos, financeiros, gado, água e terra, e sem expressão significativa nas tomadas de decisão.

O PNUD em Angola, em parceria com o Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, no âmbito do projecto “Promoção do Empoderamento da Mulher Angola Através das OSC”, desenvolveu várias acções com o objectivo de apoiar e assegurar a criação de condições estruturais básicas necessárias para o empoderamento sustentável da mulher rural, aumentando a sua participação na gestão dos recursos locais e promovendo, assim, o desenvolvimento socio-económico das famílias e das comunidades em geral.

Nesse âmbito, entre 2016 e 2017, através da implementação de cinco projectos focados no reforço da capacidade de adaptação e na consolidação da resiliência das comunidades afectadas pelas alterações climáticas na região sul de Angola, nomeadamente nas províncias do Cunene, Namibe e Huíla mais de 4000 beneficiários, na sua maioria mulheres, foram abrangidos.