Decorreu em Luanda um Atelier de Capacitação sobre Redução de Risco de Desastres e Desenvolvimento Local Sustentável

Oct 6, 2017

Luanda, 6 de Outubro de 2017. Durante cinco dias (2 a 6 de Outubro), 30 técnicos da Comissão Nacional de Protecção Civil (CNPC) de Angola e actores sócio-económicos chave a nível central e provincial participaram numa acção de Formação de Formadores - fase presencial sobre Redução de Risco de Desastres e Desenvolvimento Local Sustentável, que decorreu no Instituto de Formação da Administração Local (IFAL).

A sessão de abertura foi presidida pela Dra. Teresa Rocha, Consultora da Comissão Nacional de Protecção Civil acompanhada pelo Dr. Albano Carlos, Director Adjunto do IFAL, pelo Arquito José Pedro Mayembe, Chefe do Departamento de Avaliação de Risco do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB), pelo Sr. Nuno Castro, Responsável do curso sobre Redução de Risco de Desastres da Organização Internacional do Trabalho (OTI) e pelo Sr. Keita Sugimoto, Gestor de Programa do PNUD, na presença dos Quadros Técnicos provinciais da Protecção Civil e IFAL, dos Ministérios do Economia e Planeamento, das Finanças, da Administração Territorial e Reforma de Estado ao nível central.

A referida formação enquadra-se no Programa de Formação e Capacitação para a Comissão Nacional de Protecção Civil de Angola (CNPC) a ser desenvolvido pelo Centro Internacional de Formação da Organização Internacional do Trabalho (CIF/OIT) na Itália com o financiamento da CNPC e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) em colaboração com IFAL e FNUAP.

Durante a sessão de abertura, a representante da CNPC ressaltou que dentre os vários objectivos da formação figuram: i)- A promoção de políticas e ações de redução do risco de desastres e a sua aplicação, no quadro dos processos de desenvolvimento local sustentável e do planeamento estratégico participativo, assim como a adaptação às mudanças climáticas; ii)- O fortalecimento da capacidade técnica do Ministério da Economia e Planeamento de Angola, a nível central e provincial, no âmbito da integração das acções de redução do risco de desastres e de resposta e recuperação definidas pelos ministérios sectoriais, pelos governos provinciais e pelos municípios no processo anual de planeamento e orçamento entre outros.

Na cerimónia de encerramento da formação, Henrik Fredborg Larsen, Director do PNUD em Angola, sublinhou os principais resultados alcançados até agora na área de Redução de Risco de Desastres, com principal destaque para a Avaliação das Necessidades Pós-Desastre (ANPD) nas três províncias mais afectadas, a preparação do Quadro de Recuperação da Seca 2018-2022, a criação de grupos temáticos sectoriais ao nível dos ministérios sobre redução de risco de desastres, o lançamento do banco nacional de dados de perdas causadas por desastres (DesInventar), e o apoio prestado a oito províncias no desenvolvimento dos seus planos decentralizados de contingência. Henrik Fredborg Larsen elogiou o papel e a liderança do CNPC no alcance desses e mais resultados, e reiterou aos formandos e participantes de avançar  com a Gestão do Risco de Desastres nos próximos 5 anos, permitindo ao país realizar  desenvolvimento informado por riscos.

De realçar que este Programa pretende oferecer uma  oportunidade de capacitação desenhada à medida das necessidades do CNPC abordando várias áreas temáticas relacionadas com a  redução do risco de desastres no quadro do  desenvolvimento socioeconómico sustentável dos territórios e fornecendo aos seus quadros técnicos e superiores uma sólida base teórica e instrumentos práticos que lhes permitam aplicar de forma concreta o aprendido na melhoria das condições de vida e para o progresso da população angolana.

Após o curso de uma semana presencial em Luanda, os 30 participantes passarão para a fase de um curso à distância administrado pelo Centro de Treinamento da OIT até Dezembro deste ano, para completar todo o curso de treinamento sobre a integração de DRR no planeamento de Desenvolvimento Local Sustentável.

Discurso proferido pelo Director do PNUD em Angola, Dr. Henrik Fredborg Larsen