Últimas Publicações do PNUD para África 2017

Sep 11, 2017

Click / tap here to start editingLuanda, 8 de Setembro de 2017 – A semana passada, foi marcada pelo primeiro aniversário da divulgação do nosso Relatório Global de Desenvolvimento Humano 2015 (RDHpA) sobre  Aceleração da Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres na África. Desde o memorável lançamento global do Relatório de Desenvolvimento Humano para África em 28 de agosto de 2016 em Nairobi, Quénia, continuamos a contribuir substancialmente com o discurso da política de desenvolvimento em África.

Nos últimos 12 meses, o PNUD em África tem uma série notável de produtos. Os vários artigos de conhecimento listados abaixo ilustram a amplitude da nossa compreensão e análise dos desafios de desenvolvimento mais prementes de África:

Os Escritórios Nacionais têm contribuído significativamente para o desenvolvimento de produtos de conhecimento baseados no contexto do país, por exemplo, o Relatório Nacional de Desenvolvimento Humano sobre o Desbloqueio do Potencial de Desenvolvimento do Norte da Uganda, desenvolvido pelo PNUD Uganda. O Escritório do País também publicou Nossa Jornada de Género: 1988-2017, que relata sua campanha de vinte anos a favor da igualdade de género.

O Resumo de Políticas sobre a congruência estratégica entre os ODSs, a Agenda 2063 e o Banco de Desenvolvimento Africano ‘’High Fives’’, é um dos nossos produtos mais conhecido e felicitado pelos nossos principais parceiros como uma das publicações mais relevantes na identificação das prioridades comuns entre as 3 principais estruturas de desenvolvimento para o nosso continente.

Seguido pela Emergência da África, publicado pouco antes da Segunda Conferência Internacional sobre Emergência da África - um roteiro, para a transformação estrutural sustentável das economias de África. Aqui, é reconhecido os contributos dos nossos escritórios em Cabo Verde, Costa do Marfim, Etiópia, Gabão, Guiné Equatorial, Guiné, Quênia, Maurícias, Ruanda, Senegal, África do Sul, Tanzânia e Uganda na realização de estudos de casos nacionais para a publicação Emergente.

Igualmente, o ano iniciou com a publicação do relatório  Central, já que a sub-região está atrasada?  que ressalta a necessidade urgente da sub-região alcançar a integração regional e tornar-se uma porta de entrada entre o Oriente e o Oeste do continente.

De realçar que o PNUD produziu uma série de documentos de trabalho sobre a Dinâmica da Desigualdade da Renda em uma Economia Dualista: Malawi de 1990 a 2011; Uma Análise Econômica da Separação das Tendências de Desigualdade dentro do País na África Subsaariana e Manufatura de África – Malásia.

De salientar ainda, o Relatório de Transição ODM para ODS  e a Perspectiva Econômica para África 2017, publicados em conjunto com o BAD, a União Africana, a OCDE e a UNECA.

No dia 7 de Setembro do corrente ano, o Escritório Regional do PNUD para África procedeu a apresentação de ‘’Journey To Extremism in Africa: Drivers, Incentives e The Tipping Point for Recruitment’’, um estudo de investigação de dois anos sobre a atração do extremismo violento e sua dinâmica de recrutamento. O relatório está disponível em: http://journey-to-extremism.undp.org/

N.B. Todas as publicações do PNUD para África estão disponíveis aqui para sua referência e disseminação.

Ou ainda: http://www.africa.undp.org/