Sociedade civil beneficia da segunda fase da formação BRIDGE sobre observação eleitoral

Jun 15, 2017

Luanda, 15 de Junho de 2017 – A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) inaugurou ontem o lançamento da formação sobre observação eleitoral da metodologia BRIDGE para a sociedade civil representada pelo Observatório Eleitoral Angolano (OBEA). A cerimónia de abertura foi presidida pelo Dr. Agostinho Miguel Lima, Comissário da CNE, com a participação do Director do PNUD em Angola, Dr. Henrik Larsen, dos parceiros nacionais e internacionais, a sociedade civil e representantes de partidos políticos.

Na sua intervenção, o Comissário da CNE frisou que “a CNE valoriza e encoraja todas as iniciativas das organizações da sociedade civil  concebidas e implementadas no espírito da lei e imbuídas de boa fé que concorrem para a efectivação de um processo eleitoral livre, justo, transparente e democrático. As declarações e os relatórios das observações eleitorais ajudar-nos-ão  não só na prestação da credibilidade, transparência, liberdade e justiça, mas sobretudo em providenciar as correcções necessárias visando as devidas melhorias nos processos vindouros”, concluiu o Comissário. 

O Comissário da CNE também enalteceu a parceria e o apoio do  PNUD em Angola ao processo de capacitação da sociedade civil, e relçou o compromisso da CNE em credenciar o número máximo possível dos formandos como agentes nacionais de observação eleitoral para o pleito de 23 de Agosto de 2017.

A cerimónia de lançamento decorreu na Mediateca de Luanda, e foi seguida da formação dos formadores na metodologia BRIDGE sobre observação eleitoral para os próximos três dias. Por sua vez, os formados irão coordenar a acção de formação sobre observação eleitoral ao nivel dos municipios do país.