“A biodiversidade é a base para a vida e para os serviços essenciais prestados pelos ecossistemas”

May 22, 2017

As Nações Unidas proclamaram o dia 22 de Maio como o Dia Internacional da Diversidade Biológica. Esta data serve para lembrar a importância da biodiversidade para o bem-estar humano e as prioridades de desenvolvimento, além de chamar atenção para as devastadoras perdas que tem estado a sofrer o planeta.

A biodiversidade é a base para a vida e para os serviços essenciais prestados pelos ecossistemas. Suporta os meios de subsistência e o desenvolvimento sustentável das populações em todas as áreas de actividades, incluindo sectores económicos como a agricultura, a silvicultura, a pesca, o turismo etc. Preservar a biodiversidade é sinónimo de investir e zelar pela vida das pessoas e bem-estar.

O Escritório do PNUD em Angola tem vindo a implementar uma série de projectos que visam a protecção e a conservação da biodiversidade em Angola. Em parceria com o Ministério do Ambiente, o PNUD Angola gere actualmente um pacote de USD 14.705.000 (Catorze milhões setecentos e cinco mil dólares americanos) destinados exclusivamente para a reabilitação dos Parques Nacionais do Iona, Quiçama, Bicuar, Cangandala-Luando e Maiombe. Esses fundos servem para reforçar a gestão dos parques através da promoção da sustentabilidade ecológica das espécies da fauna e flora de cada um destes parques.

O PNUD Angola acredita que através da reabilitação e melhor gestão destes parques, que representam diferentes biomas angolanos, haverá impactos positivos não apenas na esfera ambiental, como também nas esferas social e económica. Dentre os pontos positivos gerados pela reabilitação destas áreas pode-se destacar o planeamento da exploração turística sustentável dos parques, gerando, assim, oportunidades de trabalho e renda para as comunidades locais. Desta forma, a promoção da biodiversidade é também uma oportunidade para a inclusão social e fim da pobreza, objectivos claramente reflectidos na Agenda de Desenvolvimento Sustentável 2030, através dos objectivos 1 e 2 (ODS 1 Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares e ODS 2 Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável).

Importante destacar que os Objectivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) possuem 2 objectivos nitidamente destinados para a preservação da biodiversidade e ecossistemas, são eles: ODS 14 Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável e ODS 15 Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade.