Workshop fortalece capacidades nacionais para a gestão das subvenções do Fundo Global em Angola

Apr 20, 2017

Luanda, 20 de Abril de 2017. No âmbito do seu mandato de reforço das capacidades nacionais para fortalecer o sistema nacional de saúde e cuidados de saúde para responder ao HIV em Angola, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), através do Fundo Global, realiza hoje um workshop de avaliação das capacidades Nacionais para a gestão das subvenções do Fundo Global, dirigido a técnicos das Instituições nacionais, bem como representantes das Agências Multilaterais e Bilaterais de desenvolvimento, das Organizações da Sociedade Civil (OSC), entre outros participantes.

Recorde-se que,  o Fundo Global de Luta contra SIDA, Tuberculose e Paludismo disponibilizou em 2016 cerca de 30 milhões de doláres para o Projecto “Reforço da Resposta Nacional ao VIH/SIDA, cujo objectivo principal é ajudar o Governo de Angola, através do Ministério da Saúde (MINSA) e em particular do Instituto Nacional de Luta contra a SIDA (INLS) e dos seus parceiros da Sociedade Civil a manter a prevalência do VIH abaixo de 3% dos 15 – 49 anos. É nesse quadro que o workshop constitui um passo importante na elaboração do Plano de desenvolvimento das capacidades nacionais, incluindo o INLS, mais também de outras entidades do Governo como da sociedade civil.

Na sessão de abertura presidida pela Directora Geral do INLS, Lucia Furtado, o Director do PNUD em Angola, Henrik Fredborg Larsen sublinhou de como “ a importância deste evento reside não somente no compromisso do PNUD para o VIH, assim como para outros principais desafios em saúde é baseado no principio de que a Saúde é o motor e o resultado do desenvolvimento  e que as ações nos vários sectores de desenvolvimento, tem um impacto significativo na melhoria da saúde.  Mas também, que o nosso trabalho em saúde é baseado na agenda de desenvolvimento sustentável  2030, no  plano estratégico do PNUD 2014-2017, na estratégia sobre a igualdade de género, na estratégia sobre a Juventude e igualmente na estratégia do PNUD sobre o engajamento da sociedade civil”.

“A acção do PNUD em saúde é consistente com as estratégias de outros parceiros fundamentais na luta contra o VIH e enquadra-se em três áreas interligadas: 1)Reduzir as desigualdades e exclusão social que impulsionam o VIH e a saúde precária; 2) Promover uma governação eficaz e inclusiva em saúde;  3) Construir sistemas sustentáveis e resilientes em saúde” frisou Henrik Fredborg Larsen.

Entre as temáticas a serem abordadas por este Workshop, figuram  avaliação dos desafios para a implementação dos programas e subvenções do Fundo Global, acções para responder aos desafios identificados, bem como ficando bem como prioridades e “actividades” para o Plano de Desenvolvimento de Capacidades Nacionais.

Leia o Discurso do Director do PNUD em Angola durante o acto de abertura do Workshop