Mensagem do Secretário-Geral, Dia das Nações Unidas, 24 de Outubro de 2016

Oct 24, 2016

O Dia da ONU deste ano acontece  num momento de transição para o mundo e para as Nações Unidas.

A humanidade entrou na era da sustentabilidade – com um compromisso global para cumprir a grande promessa da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Neste ano, o 71º da Organização, temos 17 Objectivos para nos impulsionar para um futuro melhor para todos e todas Num planeta saudável.

O mundo também está finalmente a se movimentar para além da mentalidade que via a queima de combustíveis fósseis como o caminho para a prosperidade. Em um momento de temperaturas recordes, os Estados-membros adoptaram o Acordo de Paris sobre a mudança global do clima em tempo recorde. Essa medida-marco entrará em vigor no dia 4 de Novembro. Nessas metas históricas, reside nossa melhor oportunidade para um crescimento mais verde, mais limpo e de baixo carbono.

As Nações Unidas também estão em transição, do seu oitavo para o nono Secretário-Geral. Tive a honra de servir a “nós, os povos” durante os últimos dez anos. Juntos, temos que colocar em prática algumas bases sólidas para o progresso partilhado – que devemos construir trabalhando ainda mais para empoderar as mulheres, engajar os jovens e defender os direitos humanos para todos e todas.

Mas também sofremos enormes desgostos – incluindo conflitos não resolvidos, causando imenso sofrimento em todo o conturbado Oriente Médio, no Sudão do Sul, no Sahel e além. Por essas e outras linhas de frente de violência e desastre, corajosos funcionários da ONU continuam a encontrar forças para apoiar as pessoas vulneráveis.

Agradeço as pessoas em todo o mundo pelo seu apoio – e peço que todos e todas disponibilizem seu total apoio ao Secretário-Geral designado, António Guterres, para que continue nossa missão global de paz, desenvolvimento sustentável e direitos humanos.