Ministério da Juventude e Desporto e as Nações Unidas em Angola assinam acordo de cooperação para uma resposta coordenada para o sector da Juventude

Sep 20, 2016

Luanda, 20 de Setembro de 2016 – O Ministério da Juventude e Desporto, através do Director Nacional para Politicas da Juventude Kikas Machado e o Sistema das Nações Unidas em Angola, através da Representante Residente do Programa das Nações Unidas para a População (FNUAP), Florbela Fernandes, procederam hoje, 20 de Setembro, à assinatura do programa da Juventude Informada, Responsável e Organizada (JIRO), para esforços conjuntos para o sector da Juventude em Angola.

O acto da assinatura do acordo contou com a presença de altos membros do Executivo Angolano, designadamente, Sua Excelência o Ministro da Juventude e Desporto, Sua Excelência o Ministro da Assistência e Reinserção Social, do Coordenador Residente das Nações Unidas em Angola, bem como representantes do sector público e da sociedade civil.

Durante a cerimonia oficial Coordenador Residente da ONU em Angola, Paolo Balladelli, sublinhou “a importância  de ter em conta os novos desafios enfrentados pelos  jovens, daí que é necessário fazer investimentos investimento nas áreas sociais, com o acesso à educação, ambiente, informação e saúde, no sector produtivo com a criação de empregos e  na área politica, tornar a juventude mais participativa na coesão nacional, a prevenção de conflitos e até do terrorismo,” declarou Paolo Balladelli.

O acordo de reforço de investimentos que contará com uma contribuição adicional avaliada em 200 mil USD, tem como meta principal elevar o engajamento da juventude na Agenda pós 2015 com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentáveis, para que as suas aspirações possam ser realizadas.

De salientar que, esta é uma excelente oportunidade para as Nações Unidas e o Governo Angolano, analisarem as prioridades para o sector, e de forma coordenada adequarem as suas respostas e intervenções aos desafios que se impõem conjuntamente as prioridades definidas para o sector no Plano Nacional de Desenvolvimento 2013-2017.