Nações Unidas acompanham os avanços da luta contra a epidemia da febre amarela na Huila

May 30, 2016

Huila, 30 de Maio de 2016 - O Governador da Huíla, João Marcelino Tyipinge e a Vice-governadora para a área social, Maria João Chipalavela, receberam esta manhã em audiência uma missão liderada pelo Coordenador Residente das Nações Unidas em Angola, Paolo Balladelli, integrada pela Lisa Angeli como Coordenadora de NU para o Programa de Emergência no Sul.

Esta constituiu uma oportunidade, para avaliar os resultados alcançados no âmbito da resposta à febre amarela na Huíla, neste momento apresentando excelente cobertura da vacinação nos dois municípios alvo: Kipungo e Caconda (mais de 100%, incluindo alguns moradores de outras áreas). Durante o encontro, ficou acordado que será determinante a continuidade da resposta à epidemia nas outras 4 componentes da resposta: vigilância, controlo do mosquito, assistência dos casos clínicos e a mobilização social.

Relativamente às quatro componentes referidas acima, o Coordenador Residente apelou para que as comunidades estejam alertas e informadas sobre as alternativas da resposta, em particular apoiar na identificação de possíveis novos doentes de febre amarela. Considerou-se determinante para o êxito da campanha, com o apoio do Governo e do Ministério da Saúde, da OMS, da UNICEF, das Forças Armadas e da Policia Nacional.

Igualmente foram analisados outros temas relevantes, como a resposta à situação de desnutrição devido às secas  e a necessidade de consolidar articulações com o projecto de emergência financiado pela OCHA e implementado pela UNICEF, FAO, OMS e PNUD. Neste contexto, Balladelli sublinhou a importância da integração da luta contra a desnutrição, a malária e a febre amarela como uma necessidade. Por seu lado, Tyipinge apelou para a criação de condições de desenvolvimento a médio e longo prazo, com três reservatórios de água para a irrigação e que poderiam servir a população de três dos seis Municípios afectados pelas secas na Huila.

A missão realizou também uma visita ao Município de Humpata, as portas de Lubango durante o qual foi confirmada a transmissão local. No encontro, com a Senhora Administradora ficou concertado que seriam criadas as condições para dotar esses Municípios com as vacinas necessárias, para toda a população residente nestas áreas do país. 

No período de tarde o Coordenador Residente foi convidado para uma reunião de alto nível provincial presidida pelo Vice-governador da Área Económica, Sérgio da Cunha Velho,  que contou com a presença da Vice-governadora, onde foram apresentados excelentes resultados na resposta à vacinação da febre amarela, além de aspectos da luta contra o mosquito e da mobilização social, tendo em vista uma participação activa da população na luta contra a epidemia de Febre Amarela.