Rede de Responsabilidade Social Empresarial Angolana prepara-se para aderir à Parceria Global da ONU com apoio do PNUD

Mar 16, 2016

Luanda, 16 de Março de 2016 -  O Pacto Global é uma iniciativa desenvolvida pelo ex-Secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objectivo de mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adopção de valores fundamentais e internacionalmente aceites nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção reflectidos em 10 princípios. Essa iniciativa conta com a participação das Agências das Nações Unidas, empresas, sindicatos, organizações não-governamentais e demais parceiros necessários para a construção de um mercado global mais inclusivo e igualitário. Actualmente, já são mais de 12 mil organizações signatárias articuladas por cerca de 150 redes ao redor do mundo.

Neste contexto teve lugar um encontro presidido pelo novo Director do PNUD em Angola, Henrik Larsen, com os parceiros do sector público e privado, organizações da Sociedade Civil, cujos principais pontos debatidos foram: i) Análise do Ponto de situação sobre o funcionamento da Rede de Responsabilidade Social Empresarial cujo processo da legalização está próximo do seu término, faltando a realização e validação da sua assembleia de constituição e consequenteda tomada de posse dos representantes dos órgãos da direcção; ii) Processo de adesão directa ao Pacto Global da ONU, tendo sido discutida uma nova estratégia, que visa a adesão directa das empresas Angolanas ao Pacto Global.

Durante a sua intervenção, o Director do PNUD, frisou que ”Para o PNUD, o sector privado é o motor para o crescimento e um parceiro essencial na luta para tornar o mundo num lugar melhor para todos. Esta Rede de Responsabilidade Social Empresarial de Angola é, para mim, muito importante, e deve ser um exemplo para todos, demonstrando como as empresas são capazes de se unir para trabalharem juntas em prol do desenvolvimento”.