Rede de Mediatecas de Angola (REMA) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento em Angola (PNUD) trabalham juntos para a implementatação do Projecto de Desenvolvimento de Competências e Habilidades para Jovens.

Jan 8, 2016

Luanda, 07 de Janeiro de 2016 – O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento em Angola (PNUD) através da Dra. Glenda Gallardo, Economista Residente do PNUD , em representação do Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e representante do PNUD em Angola, Dr. Paolo Balladelli, e o  Professor Doutor Pedro Sebastião Teta, Secretário de Estado para as Tecnologias de Informação e Coordenador da Rede de Mediatecas de Angola (REMA), assinaram na segunda-feira, dia 21 de Dezembro de 2015 na sede da Rede de Mediatecas de Angola , em Luanda, um acordo que visa a Implementação  do Projecto de Desenvolvimento de Competências e Habilidades para Jovens, a vigorar no período 2016 -2017, como parte do Programa de Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo.

O acordo assinado enquadra-se no Plano Nacional de Desenvolvimento (2014-2017) aonde se realça que a Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, cujo o objetivo é de garantir a produção e difusão de conhecimentos e desenvolvimento tecnológico e inovação, a fim de impulsionar a produção nacional, erradicar a fome e combater a pobreza, ajudando a eliminar atrasos e promover a diversificação estrutural da economia nacional, desempenha um papel fundamental na transformação prevista no Plano Nacional de Desenvolvimento.

Para este fim, a criação da Rede Mediateca REMA visou facilitar a criação e disseminação do conhecimento para o desenvolvimento econômico. A promoção das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) levará à informatização dos processos de produção e os órgãos de gestão e a inclusão desta componente no ensino e na pesquisa científica. Especial atenção está sendo dada para o uso em massa das TIC para toda a sociedade, incluindo o desenvolvimento da computação, aumentando significativamente o número de usuários e de computadores e comunicações de mídia. A REMA também prevê a facilitação do acesso à Internet e serviços relacionados, e a integração dos componentes de TIC no ensino e processos nacionais.

O PNUD dará especial enfoque na melhoria de estratégias de promoção de novas oportunidades de investimento para os jovens que se preocupam com as tecnologias de informação e que buscam oportunidades de emprego que irão incentivar as comunidades baseadas em localidades remotas e os intervenientes do sector público-privado para formar parcerias e assumir a responsabilidade sobre as questões que afectam todo o espectro das necessidades dos jovens para esse segmento específico do acesso às tecnologias de informção.